Chacras em desequilíbrio: saiba como identificar os sintomas e realinhá-los (parte-2)

Confira o 2º artigo da série de posts que tratarão dos sintomas relacionados a cada um dos 7 chacras em desequilíbrio. Nossos corpos têm 7 centros de energia chamados “chacras”, uma combinação das correntes de energia mental, emocional, psicológica e espiritual, que se combinam para formar o corpo físico.

Cada um dos sete centros, localizados em pontos sequenciais ao longo da espinha dorsal, é responsável pela manutenção da saúde dos órgãos específicos e de funções orgânicas.
A energia flui continuamente pelo nosso corpo, através do topo da cabeça e, à medida que ela viaja pela espinha abaixo, ela “alimenta” cada um dos centros dos chacras.
O fluxo dessas correntes de energia é regulado em nosso corpo por nossas crenças e atitudes, as quais criam todos os nossos padrões de medo, conceito de realidade, compreensão do Universo, nossas memórias, e toda a informação que guardamos em nosso cérebro pelas experiências que tivemos e pelos nossos variados tipos de educação e de formação.

Os padrões específicos de medo e insegurança que correspondem ao primeiro chacra do corpo humano se relacionam à questão da segurança física. Os mais comuns são os seguintes:

Sintomas de desequilíbrio do segundo Chacra ou Chacra Sacral:

  • A sensação de que você não tem poder sobre o que acontece com você sexualmente. Isso inclui experiências de abuso sexual, assim como relacionamentos especialmente manipulativos e controladores.
  • Sentir-se inadequado sexualmente ou ter aversão pela atividade sexual. Isso inclui a tensão que acompanha sentimentos de ressentimento com relação ao poder do seu parceiro ou do sexo oposto em geral, assim como sentimentos de aversão ou de culpa relativos à sua própria sexualidade ou às suas preferências sexuais.
  • Medo do parto ou sentimentos de culpa com relação à maneira de criar seu filho ou filhos.
  • Desvalorização de si mesmo como resultado de pouco ou mínimo poder econômico. Isso inclui ressentimento com relação ao fato de ser controlado financeiramente por outros.
  • Ressentimento resultante do fato de ser manipulado por outras pessoas.Isso inclui a sensação de ser vitimizado por circunstancias particulares tais como, raça, cor ou sexo.
  • Sentir-se tão desprotegido que precisa manipular outras pessoas para manter controle sobre a sua própria vida.
  • Praticar qualquer nível de desonestidade em seus negócios ou em seus relacionamentos sexuais ou interpessoais.
  • Medo de nunca ter o suficiente, que inclui medo da pobreza.
  • Algumas das disfunções mais comuns resultantes dessas tensões em particular são para as mulheres – todas as disfunções femininas tais como problemas menstruais; infertilidade; infecções vaginais; cistos nos ovários; endometriose; tumores ou câncer nos órgãos femininos.
  • Para os homens – impotência e problemas na próstata; incluindo câncer (essas disfunções estão associadas à perda de poder econômico ou político, principalmente). Tanto para os homens quanto para as mulheres, disfunções comuns incluem dor pélvica e nas costas (lombar); herpes e todas as outras doenças sexuais, problemas de deslocamento de disco, todos os problemas sexuais e problemas urinários e na bexiga.

Como reequilibrar o Chacra sacral?

1. Prática de Exercícios de Respiração;

2. Contato com a Energia da Lua e da Água;

3. desenvolver atividades que envolvam criatividade;

4. Brinque com Crianças. Ou Seja Uma!

5. Prática de Exercícios Físicos;

6. Prática de Yoga;

7. Prática de Dança do Ventre e outras Danças;

8. Uso da Cor Laranja.

CONFIRA TAMBÉM

Chacras em desequilíbrio: saiba como identificar os sintomas e realinhá-los (parte-1) – Confira o 1º artigo da série de posts; que tratarão dos sintomas relacionados a cada um dos 7 chacras em desequilíbrio.

Mudras: aprenda dez posições com as mãos que têm o poder de curar – Você sabia que suas mãos têm um poder de cura que tem sido usado durante séculos? Confira um pouco mais sobre as chamadas Mudras.

Chacras – Chacras ou Xacras, também conhecidos como Chakras, segundo a filosofia iogue, são canais dentro do corpo humano (nadis) por onde circula a energia vital (prana) que nutre órgãos e sistemas.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.