Como meus guias espirituais me escolheram nesta encarnação?

Como meus guias espirituais me escolheram? Por que determinada entidade está ligada a uma pessoa? Qual a função dos guias espirituais na vida do indivíduo?

Como meus guias espirituais me escolheram nesta encarnação?

Guias Espirituais da Umbanda

Os guias espirituais cumprem o papel de “guiar”, “conduzir” nossas experiências orientando intuitivamente para que possamos encontrar o caminho evolutivo que viemos cumprir nessa encarnação.

Essas entidades chamadas guias espirituais na Umbanda, tem sempre um papel orientador, e nunca virão a seus caminhos para fazer algum mal ou cobrar supostas “dívidas espirituais”.

Cada guia ou mentor espiritual tem uma função específica em nossas vidas, e trabalham em sintonia com as outras entidades que compõem a coroa de uma pessoa, cada uma cuidado de determinado aspecto da espiritualidade daquele indivíduo.

Como os guias espirituais escolhem uma pessoa?

Cada guia espiritual é único para seu protegido, mesmo que revele um nome conhecido como exemplo “7 Saias”, essa entidade será sempre a “7 Saias” específica de determinada pessoa e mais nenhuma outra.

As entidades escolhem seus protegidos pelas mais diversas razões:

  • por afinidade espiritual,
  • experiências de vidas passadas juntas com aquela pessoa,
  • cumprir determinadas missões de vida;
  • resgatar a fé de seu protegido ou de pessoas ligadas a ele;
  • conduzir projetos comunitários como abertura de uma casa de Umbanda;
  • ajudar na cura de males físicos, espirituais ou mentais; etc.

Eu não sou médium e mesmo assim tenho guias espirituais?

Mesmo que a pessoa não seja um médium desenvolvido seus guias espirituais acompanham e orientam, da mesma forma como fazem com aqueles que já são desenvolvidos e incorporam suas entidades nos terreiros de Umbanda.

E mesmo que você não saiba exatamente quais são seus guias espirituais através de seus nomes e falanges, eles estão ao seu lado orientando e protegendo, e podem receber em sua casa as suas preces, oferendas e pedidos; da mesma forma como faria em uma sessão ou gira no terreiro.

Para fazerem seu trabalho orientador, as entidades de Umbanda não precisam necessariamente estarem incorporadas em seus protegidos.

Culto aos guias espirituais

Através da prece e do culto regular dentro da residência é possível alcançar grande proximidade de seus guias espirituais e realizar diversos trabalhos, mesmo para aqueles que não tem acesso a uma casa de santo ou não tem interesse em iniciar na vida religiosa.

Os guias espirituais podem ser cultuados sem a incorporação mediúnica, que representa apenas um aspecto do desenvolvimento da mediunidade.

Saiba mais sobre Umbanda

No Culto aos Orixás e Entidades da Umbanda, cada divindade tem um dia de vibração na semana, cores, ervas, saudações e oferendas próprias.

Os Orixás da Umbanda tem controle sobre a natureza como os ventos, os vulcões as cachoeiras, etc. Saiba maiores informações aqui.

Velas – Acesse este artigo e saiba, assim, tudo sobre o uso, significado e rituais na Magia, Umbanda e Espiritualidade. Saiba, então, como usar este conhecimento a seu favor.

As rosas na Umbanda são presença obrigatória em qualquer altar. Por isso, são utilizadas em diversos rituais propiciando, assim, forte conexão com o plano espiritual.

Precisando de ajuda espiritual?

Eu posso ajudar você a resolver seus problemas e encontrar melhores oportunidades em seus caminhos.

Tenho mais de 30 anos de experiência na Umbanda e, assim, ajudo muitas pessoas a resolverem seus problemas.

Entre em contato, e receba, então, uma orientação espiritual clara e objetiva, sobre os problemas que enfrenta agora, e que não consegue resolver sozinha.

Siga-me nas redes sociais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.