Exú Guardião: como cultuar o guardião de seus caminhos em casa

Exú Guardião é um espírito de luz que atua nos caminhos amoroso, financeiro e de proteção espiritual. Saiba como cultuá-lo e ter sucesso nessas áreas.

O que é o Exú?

Todos temos um Exú Guardião que nos acompanha e é nosso regente desde o dia em que nascemos, assim como temos também uma Pombagira Guardiã.

Exú é uma entidade de luz da Linha da Esquerda da Umbanda, responsável por trazer equilíbrio nos setores amoroso, financeiro e profissional de nossas vidas.

Além, disso, ele nos dá proteção contra inimigos, feitiços e outras energias negativas e é responsável por vigiar e manter abertos nossos caminhos em todos os setores.

Exú Guardião - Como cultuá-lo em sua residência

Essa entidade pode ser facilmente vista trabalhando nos terreiros de Umbanda e Candomblé, praticando a caridade através dos médiuns que os incorporam.

Para trabalharem, ou como pagamento pelos benefícios concedidos, gostam de ser agradados com presentes como roupas bonitas, joias, bebidas, cigarros, chapéus, etc..

No entanto, como há vários Exús, das mais diversas falanges, ligados a diferentes orixás, o agrado dado a um pode não ser do agrado do outro. Por isso; é sempre bom saber especificamente qual é seu Exú guardião e quais os presentes de seu agrado.

Importante ressaltar que seu Exú jamais desprezará uma agrado feito com fé e de coração, ainda que não seja o de sua real preferência. Ele trabalhará por você com afinco, para que você alcance seus objetivos.

O que é o Exú Guardião?

Conforme dito acima, todos temos um Exú que nos acompanha desde nosso nascimento, que é nosso protetor e guardião.

Na verdade, podemos ter mais de um Exú nos acompanhando, visto que, como carregamos uma linhagem de orixás que nos regem, podemos ter até 2, ou 3 que nos acompanham, cada um pertencendo à falange de um desses orixás.

Isso é bastante observado em médiuns iniciados na Umbanda e Candomblé e que já trabalham com a incorporação há bastante tempo.

Apesar disso, sempre há um Exú que é o principal, e que lidera o restante da falange que nos acompanha e que, geralmente, é relacionado ao nosso orixá regente, ou orixá de cabeça. A esse Exú é que chamamos de Exú Guardião.

Como cultuar nosso Exú Guardião?

Para aqueles que desconhecem qual seu Exú Guardião, há uma forma simples de agradar seu Exú e fazer seus pedidos a essa entidade tão importantes em nossa proteção e abertura de caminhos.

Esse agrados podem também ser oferecidos a um Exú que já tenha lhe atendido em um terreiro, seja para fazer seus pedidos, seja para agradecer pelos resultados.

Importante dizer que essas entidades não gostam da ingratidão, portanto, sempre que obtiver sucesso nos pedidos feitos a um Exú, providencie novos agrados para agradecer por sua ajuda.

Ainda mais importante, jamais faça tratos ou promessas a seu Exú que você não vai querer ou não vai poder cumprir. O que lhe foi prometido, será severamente cobrado.

Culto ao Exú Guardião

  • Dia da semana: segunda-feira;
  • Dia do mês: todo dia 7
  • Cores: vermelho, preto, vermelho e preto, roxo escuro, lilás azulado, todas as cores;
  • Velas: todas as cores especialmente vermelha e preta, toda vermelha, toda preta ou toda branca;
  • Saudação: Laroyê Exú!
  • Bebidas: cachaça, run, vodka, whisky, gim, etc.;
  • Comidas: Padê farinha de mandioca, com cachaça e dendê. Pode ser enfeitado com pimentas vermelhas, rodelas de cebola ou ameixa seca.
  • Fumo: cigarro de filtro vermelho, cigarrilhas, charutos, sempre acendendo em pé, em número de 1, 3 ou 7 cigarros.
  • além de adereços, colares, anéis, chapéus, etc..

OBS 1: se decidir fazer o culto regular a seu Exú guardião em casa, faça com regularidade, a cada semana, ou a cada 15 dias, ou mensalmente no dia 7 de cada mês. Tenha responsabilidade e carinho com seu Exú Guardião e ele terá também com você. Se esqueça dele, e ele poderá também se afastar.

OBS 2: Aquilo que é dado a Exú não poderá ser tirado ou ser reutilizado para outros fins. O copo ou taça usada em seu culto é apenas dele, assim como roupas, adereços, bebidas, o alguidar usado na preparação do padê, etc..

OBS 3: Nunca deixe de cumprir uma promessa feita a seu Exú Guardião.

Saiba mais sobre os Exús na Umbanda

A Linha de Esquerda da Umbanda é formada por Exú, Pombagira e Exú Mirim que são espíritos fundamentais na sustentação espiritual de nossa vida. Confira o artigo e, assim, saiba mais sobre o tema.

Linha dos Exús é regida por Ogum na Umbanda, pois está ligada ao Trono da Lei. São encarregados, assim, de aplicar e cobrar a vontade divina. Saiba tudo neste artigo.

Pombagira Guardiã é um espírito de luz que nos rege nas áreas amorosa, profissional e financeira. Saiba como cultuá-la e, assim ter sucesso nessas áreas.

Linha das Pombagiras é regida por Oxum na Umbanda, pelo Trono do Amor, e estão encarregadas de despertar e cultivar o amor próprio e pela criação de Deus. Saiba tudo no artigo.

A Linha dos Mirins é composta de Exús e Pombagiras Mirins e promove, assim, a sustentação da linha da esquerda na Umbanda, mas é pouco compreendida.

Linha Cigana da Umbanda, muito confundida com a Linha de esquerda de Exús e Pombagiras, tem culto diferenciado. Saiba tudo nesse artigo.

Descubra qual sua pombagira

Se você tem dúvidas sobre as entidades que regem seus caminhos, faça uma consulta espiritual para revelar com detalhes todos os regentes da sua espiritualidade.

Nessa consulta, a sacerdotisa de Umbanda vai revelar seus orixás regentes e entidades (Exú e Pombagira, Pretos Velhos, Caboclos e Ciganos).

Glaucia Carvalho, que tem mais de 30 anos de experiência como sacerdotisa de Umbanda; vai orientar em suas dúvidas do ponto de vista espiritual e responder suas perguntas enviadas.

Faça hoje mesmo sua consulta.

Siga-me nas redes sociais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.