Oxum é a orixá da beleza e do amor, ligada aos processos de gestação, é a mãe por excelência. Oxum nutre a vida na terra com a água doce, seu domínio.

Oxum – Orixá da beleza, do amor, ligada a maternidade na Umbanda

Oxum é a mais meiga e delicada dos Orixás.

É  a mulher com jeito de menina e a menina com malícia de mulher.

Oxum, a senhora das águas doces, e de parte das águas do mar, é a iabá da beleza, da fertilidade, da feminilidade e do charme.

Maternal, carinhosa e muito afeita às crianças, amante da beleza e do adorno.

Oxum é símbolo da sensibilidade e muitas vezes derrama lágrimas ao incorporar em alguém, característica que se transfere a seus filhos, identificados por chorões.

Sincretismo de Oxum

A Umbanda utiliza-se da imagem de santos cultuados pela Igreja Católica por um fato histórico-cultural.

Na medida em que os negros que chegavam ao Brasil como escravos, oriundos das diversas tribos africanas, traziam em seu interior a crença nos Orixás, porém não podiam manifestá-la, pelo preconceito dos seus senhores, que consideravam tal culto heresia e feitiçaria.

Os Orixás são espíritos de altíssima vibração; os Santos foram pessoas que viveram na Terra e um dia estiveram, como nós, sob a tutela desses Orixás.

O africano não abandonou as suas crenças religiosas. Simplismente, procurou acomodar-se a situação e o processo mais inteligente foi exatamente o de comparar as qualidades dos seus Orixás com a dos santos católicos.

Oxum é sincretizada com diversas Nossas Senhoras. Na Bahia, ela é tida como Nossa Senhora das Candeias ou Nossa Senhora dos Prazeres.

No Sul do Brasil, é muitas vezes sincretizada com Nossa Senhora da Conceição, enquanto no Centro-Oeste e Sudeste é associada ora à denominação de Nossa Senhora, ora com Nossa Senhora da Conceição Aparecida.

É celebrada no dia 12 de outubro ou 8 de dezembro.

Características dos filhos do orixá Oxum

Seus filhos e filhas são doces, sentimentais, agem mais com o coração do que com a razão e são muito chorões.

Também são extremamente vaidosos e conquistadores, adoram o luxo, a vida social, além de sempre estarem namorando.

Calmos, sensíveis e ingênuos, as vezes inofensivos, carinhosos. Adoram perfumes, jóias, se enfeitarem e é claro espelhos.

Dão muito valor a opinião pública, são inteligentes, dedicados e dengosos, principalmente as mulheres.

Oxum é do tipo daqueles que agem com estratégia, jamais esquecem suas finalidades, atrás de sua imagem doce se esconde uma forte determinação e um grande desejo de ascensão social.

A mulher de Oxum é delicada, feminina, romântica, esposa e amante adoradas. Astutos e equilibrados, as pessoas de Oxum são inteligentes, requintadas e refinadas.

Grandes feiticeiros, e fazem um bom uso do feitiço.

Meigos, amorosos e cuidadosos.

Culto a Oxum

  • Dia principal de culto: Sábado
  • Comemoração Anual: 08 de dezembro
  • Cores: Amarelo, ouro, rosa, azul claro
  • Símbolo: Leque com espelho (Abebé)
  • Elemento: Água Doce (Rios, Cachoeiras, Nascentes, Lagoas)
  • Domínios: Amor, Riqueza, Fecundidade, Gestação e Maternidade
  • Saudação: Ora Yêyê Ô!
  • Velas: branca, rosa e azul clara
  • Oferendas: Omolocum, rosas e palmas amarelas, espelhos, bonecas, etc.